Escreveu a Martha
Oi Danilo,

Participei de sua aula no dia 9 de maio e gostei muito. Queria perguntar uma coisa: trabalho principalmente com tradução de livros do inglês e do francês para o português. Estou interessada em aprender a usar as ferramentas de tradução que vc mencionou. Mas penso não ser possível, pois os livros vêm impressos, e creio que não teria como usar memória de tradução se o texto na língua original não está no computador. Haveria alguma maneira de resolver este problema? Um abraço, Martha 
Muito tradutor de livros já usa essas ferramentas, Martha, e há várias soluções para o problema do arquivo em papel.
  1. Editora pede o arquivo para o editor do original. Se vier em Word, melhor, mas pdf também resolve. Aqui, precisa ter cuidado, porque onze entre dez editores pensa que ferramentas de tradução prejudicam a qualidade. Nesse ponto, as agências estão bem mais adiantadas.
  2. Você tira xerox do livro todo (formato A4) e faz reconhecimento ótico usando um programa comercial de OCR, como, por exemplo, o Abby Fine Reader ou o Omni Page. Esses programas digitalizam tanto papel quanto arquivos pdf.
  3. Você encomenda a uma digitadora a transcrição do livro todo.
Nos primeiros dois dias, você provavelmente vai me amaldiçoar. Mas logo que pegar o jeito, vai se arrepender de não ter começado mais cedo.

 

EN→PTBR |Tradutor profissional desde 1970.


6 Comentarios em ""

  • Danilo Nogueira
    05/12/2009 (1:15 pm)
    Responder

    São ferramentas para tradutores, Fátima, mas não estritamente de tradução.

  • Fatima Romani
    23/05/2009 (4:16 pm)
    Responder

    Danilo,
    Devido à cobrança de traduções ser feita por palavra, o texto estar em livro realmente me deixava “embatucada”, sem saber como cobrar, nem como combinar um preço. Bom, não conhecia, até ler aqui, nem o Abby Fine Reader, nem o Omni Page. Acho que também podem ser Considerados como “ferramentas” para nós, tradutores. Entrei nos dois sites, clcando nos nomes nesta página, mas precisaria de mais esclarecimentos. Qual escolher? Há varias opções de cada um e o preço não é o único requisito a ser considerado. É claro que, no momento não posso investir em algo acoma de min has possibilidades, mas quero saber sua opinião antes de me decidir.

    Grata

    Fatima

  • Danilo Nogueira
    13/05/2009 (11:43 am)
    Responder

    Comentário ao comentário: para ver o site do Mairo é só clicar no nome dele e eu, declaradamente, sou uma besta assumida.

  • Martha Gouveia da Cruz
    12/05/2009 (6:46 pm)
    Responder

    Muito obrigada por sua resposta Danilo. Vou “amadurecer” um pouco as idéias, e ver como consigo superar estas barreiras…
    Mas a idéia de conseguir trabalhar com memória de tradução realemente me atrai muito…
    Um abraço,

  • Danilo Nogueira
    12/05/2009 (12:07 pm)
    Responder

    Se você tivesse dado a url, eu iria ver.

  • Mairo Vergara
    11/05/2009 (8:52 pm)
    Responder

    Isso que eu gosto, informação útil, direta e sem frecura. Adorei! Falando nisso, dá uma olhada no meu blog/site, é o começo da minha vida de tradutor…


O que achou do artigo? Deixe seu comentário.

Pode publicar em html também