Parem as máquinas: Dicionário analógico na praça!

Olhem o que eu acabo de receber! Estou publicando com casca e tudo, sem mudar uma letra. Grande novidade para todos nós.

Lançamento: Dicionário analógico da língua portuguesa ideias afins / thesaurus

Francisco Ferreira dos Santos Azevedo

2ª edição revista e atualizada

Expressar uma ideia com clareza e elegância é um desafio da comunicação.

O vocabulário comum, adquirido e manejado no círculo de amizades e de trabalho, às vezes não nos basta, para expressar exatamente o nosso pensamento. O contato com a gramática, com os dicionários é importante, mas existe outra fonte quando precisamos ampliar a opção de palavras de uso comum para nos comunicarmos com graça e interesse.

O Dicionário analógico da língua portuguesa: ideias afins é um dicionário temático, isto é, as entradas são organizadas por temas (como semelhança, pureza e convergência) e não como uma lista alfabética de palavras. Dois tipos de busca são possíveis para achar uma palavra específica: é possível buscar o tema ao qual está relacionada, ou recorrer ao índice, com mais de 100 mil entradas (palavras e expressões diferentes) enviando a quase 160 mil referências diferentes ao longo do dicionário, uma coleção de conceitos de grande importância e valor para quem escreve por gosto ou por ofício. Uma ferramenta essencial para professores, escritores, advogados, jornalistas, músicos, poetas etc.

Dados técnicos:

ISBN 978-85-86368-62-2

Páginas: 800

Preço: R$ 69,90

Conheça o hotsite
http://www.lexikon.com.br/dicionario_analogico/dicionarioanalogico.html

www.lexikon.com.br – [email protected]

Sonia Hey
Editorial
Rua do Mercado, 17 – 11° andar
Centro – CEP: 20010-120
Rio de Janeiro – RJ
Telefone: (21) 2526-6836
Fax: (21) 2526-6824
www.lexikon.com.br

EN→PTBR |Tradutor profissional desde 1970.


8 Comentarios em "Parem as máquinas: Dicionário analógico na praça!"

  • Nogueira
    04/07/2010 (1:10 pm)
    Responder

    Bom,me parece que é O DICIONARIO,mas fiquei sabendo que houve um lançamento agora em 2010.Se alguém tiver mais informações poderia me enviar por e-mail

    Obrigado.

    • danilo
      04/07/2010 (5:36 pm)
      Responder

      Mas é exatamente desse lançamento que eu estou falando.

  • Paulo Araujo
    12/06/2010 (8:08 pm)
    Responder

    Fazia falta, e esta edição tem o índice completo, facilitando a busca.

  • Ana Iaria
    10/06/2010 (7:46 am)
    Responder

    Comprei o meu em 2000. Guardadinho na estante e já me tirou do sufoco. Na consulta do termo em inglês, vejo se serve. Se não serve, vai pro Thesaurus (tenho 3 instalados) e depois, se o seu Orelho ou Houaiss ou Borba não me satisfazem, entra o Analógico.

    Será que é muito diferente do anterior? Bom, até minha ida em julho terei tempo de descobrir. E encomendar se for o caso.

  • Márcio Badra
    09/06/2010 (12:58 pm)
    Responder

    $55,90 + $3,41 de frete na FNAC.

  • Gilberto Bessa
    05/06/2010 (10:45 am)
    Responder

    Salve, saudações, saude e salvações!

    Tenho até hoje o meu “exemplar” fotocopiado de um exemplar que existia na Staats- und Universitätsbibliothek em Hamburgo. Mandei encadernar as folhas soltas, ficou maravilhosa a encadernação. Li quase tudo, conhecia de cor a posição dos números dos verbetes, para um folheio mais fácil e rápido. Consultei milhões de vezes, bota milhão nisso. Anotei à caneta muitos e muitos números remissivos que não constavam no original. Era meu tesouro secreto. Não contava para ninguém. Minha maior decepção com a obra é que ela não revela como aumentar a sinonímia de também, outrossim, ainda, ademais, além disso, adicionalmente, de mais a mais, mais, e. Parece que a língua portuguesa é muito pobre nisso. Vou comprar um exemplar, é claro, ainda mais que tem prefácio do meu ídolo Francisco Buarque de Hollanda. Como se trata da segunda edição, atualizada e revista, estou esperançoso – quem sabem descobriu-se algum aumento para o também.

  • Erik
    05/06/2010 (10:13 am)
    Responder

    Ihhhhh, sei não… Isso vai confundir o pessoal que traduz palavra por palavra no dico bilingue… Quem é que vai abonar para eles qual a palavra usar?

  • Martha Gouveia da Cruz
    04/06/2010 (10:23 pm)
    Responder

    Maravilha, Danilo. Que ótima notícia!

    Acabei de encomendar o meu.

    Obrigada pela dica.


O que achou do artigo? Deixe seu comentário.

Pode publicar em html também