Quanto ganha um tradutor/intérprete (a situação da mulher)

É um fato, embora repugnante, que para serviços iguais, de modo geral paga-se menos às mulheres que aos homens. Não na tradução, profissão decididamente anômala em que mulheres e homens recebem o mesmo pagamento e em que as mulheres exercem o papel de líder.

A situação das mulheres casadas ou com algum outro tipo de união estável é muito divertida, porque, nesses casos, o peso de sua contribuição ao bem-estar econômico do lar é medido em relação à contribuição do cônjuge.

Uma tradutora brincalhona dizia que o marido pagava o feijão e arroz, mas ela comprava a mistura, o que dá a ideia de como funciona a economia em muitos lares em que há um tradutor. Nem sempre é assim, entretanto. Conheço colegas que sustentaram o lar (com filhos e tudo) durante períodos ruins na vida profissional de seus maridos; conheço colegas que pagaram o arroz, o feijão e boa parte da mistura enquanto seus maridos estavam em início de carreira, apostando em um futuro brilhante que nem sempre se realizou. Há as  separadas, divorciadas e quetais que simplesmente sustentam o lar e os filhos com ou sem assistência dos seus respectivos ex-.

Não nos esqueçamos das solteiras que vivem sua vida livre e desembaraçada à custa de traduzir e não vivem.

Prova de que é possível, sim, e muito comum, viver de tradução.

Amanhã, volto para alinhavar o fim deste tópico.

Obrigado pela visita e deixe seu comentário aqui abaixo. Comentários são sempre bem-vindos.

EN→PTBR |Tradutor profissional desde 1970.


6 Comentarios em "Quanto ganha um tradutor/intérprete (a situação da mulher)"

  • Henrique Menezes
    20/07/2011 (11:10 am)
    Responder

    Parabéns pelo blog, pois é de extrema utilidade e bom gosto!
    Bem, me parece que o ponto G da questão é: posso mesmo confiar que a tradução vai me conseguir uma vida estável? Não tenho a menor dúvida de que há pessoas quem vivem bem e só de tradução. Todavia, a falta de estudos específicos sobre o mercado me deixa confuso. Até onde viver de tradução é competência ou apenas o fato de estar no lugar certo e na hora certa?

    Obrigado!

    • Kelli
      21/07/2011 (12:39 am)
      Responder

      Não é só competência nem só estar no lugar certo na hora certa, mas a combinação dos dois, como em qualquer outra profissão. Se você tiver oportunidade mas não souber aproveitar, vai perder; mas, se souber aproveitar e não conseguir uma oportunidade, bom, haja azar, porque também de nada vale.

  • Ary
    26/05/2011 (10:17 am)
    Responder

    Sou novo aqui e confesso que encontrei este sitio por acaso. Alguem pode me dizer o que e preciso para se ser tradutor juramentado em Mocambique?

    • Danilo
      26/05/2011 (8:55 pm)
      Responder

      Não faço ideia. Procure as autoridades moçambicanas.

  • Babi
    16/03/2010 (11:09 am)
    Responder

    Sempre li aqui que dá para viver de tradução mas, não para levar uma vida de lord. Concordo mas, dependendo do país em que se está e da capacidade de obter um vasto número de clientes e de ser conhecido na praça. Sou tradutora a pouco tempo e acredito que com um número desejável de clientes é possível ter uma vida sustentável, principalmente aqui em Moçambique, apesar do mercado ser pequeno é dominado pelos veteranos. Conheço algumas tradutoras renomadas e bem sucedidas, más a maioria é separada, as vezes me pergunto porquê.

    O que mais adoro por ser tradutora é que o facto do pagamento final compensar o esforço feito. Tradutor que trabalha muito recebe muito e não sinto a descriminação de género, pelo contrário sinto que confiam mais na mulher pois são mais determinadas, profissionais e cumpridoras de prazos em relação a muitos tradutores.

  • Luciano Eduardo de Oliveira
    07/03/2010 (2:26 pm)
    Responder

    Note que ex que não precisa de hífen. Talvez o tenha feito por facécia, mas mesmo assim deixo aqui o meu comentário, que espero que seja pertinente: http://aulete.uol.com.br/site.php?mdl=aulete_digital&op=loadVerbete&pesquisa=1&palavra=ex


O que achou do artigo? Deixe seu comentário.

Pode publicar em html também